Stress Moderno

44* Beto Colombo

Querido leitor, que você esteja bem. Hoje quero discorrer sobre um tema relevante e atual, o stress moderno ou o stress digital. Possivelmente você já deve ter recebido uma ligação de um cliente, colega, diretor ou até parente cobrando ou encaminhando alguns assuntos durante a noite ou no fim de semana. E fico mais preocupado com o número de telefonemas que muitos adolescentes enviam e recebem durante o dia, permitindo uma invasão de estranhos bate-papos em horas impróprias como na hora das refeições familiares e até durante as aulas.

O ser humano inventou equipamentos fantásticos como o telefone celular, o computador, os notebooks, a internet e com isso as rede sociais, enfim, uma infinidade de facilidades eletrônicas. Tudo isso, a meu ver, para termos mais tempo para descansar, filosofar com amigos, curtir a família, pescar, ler livros, assistir filmes, isto é, levar uma vida melhor. Mas é isso que está acontecendo conosco? Parece que não, acabamos vítimas das algemas destas inovações digitais.

Meus pais não me advertiram sobre esse assunto porque não conheciam e não conhecem a era digital, mas para nós, pais modernos, é prudente olhar com carinho esse assunto em relação a nossas crianças. Se não o fizermos, seremos coniventes e poderemos estar contribuindo para a formação de uma geração de jovens e adultos estressados e mal humorados.

Para mim, por ora, o mundo digital foi criado para nos libertar, não para nos aprisionar. O que você pensa sobre isso? Lembrando que isso é assim para mim hoje.

Empresário, Especialista em Filosofia Clínica, Presidente do Conselho da Anjo Tintas.

Compartilhar
Esta entrada foi publicada em Artigos e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *