Caçador de Mim

11* Beto Colombo

Queridos leitores. Que vocês estejam bem. Hoje vamos nos ater a uma música de Milton Nascimento, refiro-me a “Caçador de Mim”, cujo nome do álbum leva o mesmo que a música e é datado de 1981. Cantor, violonista e compositor, Milton Nascimento nasceu no Rio de Janeiro em 26 de outubro de 1942. Mineiro de coração, tornou-se conhecido nacionalmente quando a canção “Travessia”, composta por ele e Fernando Brant, ocupou a segunda posição no Festival Internacional da Canção, de 1967.

Feitas estas indispensáveis apresentações vamos, então, ao nosso artigo propriamente dito. E o faço, atentando-me à Filosofia Clínica. De acordo com esta é possível ressaltar na música Caçador de Mim, pelo menos cinco tópicos da Estrutura de Pensamento. Falo dos tópicos Um – Como o Mudo me Parece, Dois – O que Acho de Mim Mesmo, Quatro – Emoções, Onze – Buscas, Doze – Paixões Dominantes e Dezessete – Armadilhas Conceituais.

“Por tanto amor, por tanta emoção”, canta a música, denunciando aqui a forte influência do tópico emoções. Vamos a frase completa da música desde o início: “Por tanto amor, por tanta emoção, a vida me fez assim. Doce ou atroz, manso ou feroz, eu caçador de mim”. Perceba que para ele o mundo tem grande influência no que vive, porque segundo ele a vida o fez assim.

A segunda estrofe não é diferente e ficam evidenciadas as paixões dominantes pela música, e que possivelmente tornou-se numa armadilha conceitual. “Preso a canções, entregue a paixões, que nunca tiveram fim”. A partir daqui surge a busca: “Abrir o peito a força, numa procura”.

Já o que ele acha de si mesmo permeia todo o texto, desde quando diz: “A vida me fez assim”, até quando diz: “Eu, caçador de mim”. Durante toda a música Milton se apresenta de diversas formas a partir do mundo que o fez assim.

A última, de quatro estrofes, desta linda canção, diz: “Longe se vai, sonhando demais, mas onde se chega assim?”. E finaliza na mesma busca emocionante que iniciou: “Vou descobrir o que me faz sentir, Eu caçador de mim”. É assim como o mundo é para Milton Nascimento nesta canção, “Caçador de Mim”. E para você, como é a canção da sua vida?

Empresário, Especialista em Filosofia Clínica, Presidente do Conselho da Anjo Tintas.

Compartilhar
Esta entrada foi publicada em Artigos e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para Caçador de Mim

  1. Mateus Dalpiaz disse:

    Foi com essa música que entrei na igreja no dia do meu casamento. Linda música, linda letra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *