Chuta, mas não cospe

* Beto Colombo

Querido leitor, querida leitora, aceite o meu fraternal abraço. Chuta, dá cabeçada, mas não cospe. O protagonista deste artigo de hoje já não está mais entre nós, mas o seu feito ainda reverbera em nosso meio. Falo do atleta de futebol profissional, Zé Carlos, que deixou o Criciúma Esporte Clube para jogar na China.

Se você não lembra ou não sabe, no último jogo que o Tigre perdeu para a Chapecoense, no Oeste do Estado, Zé Carlos foi flagrado pelas câmeras da RBS cuspindo no rosto do atleta opositor. A cena correu o Estado e foi várias vezes repetida nos programas televisivos. Também deixou o nosso território para ganhar o Brasil e, provavelmente, o mundo.

Até aí, tudo certo. Claro, tudo certo a veiculação do fato. Mas qual não foi minha surpresa quando, ouvindo e lendo alguns comentários de especialistas, muitos repetiam: “Chuta, dá cabeçada, enfim, faz qualquer coisa, mas não cospe”.

Inicialmente não quis acreditar no que estava ouvindo e lendo, mas era verdade. Alguns cronistas, comentaristas e jornalistas, homens e mulheres acostumados com a lida do futebol eram quase que unânimes em afirmar. “Faça tudo, menos cuspir”. No dizer deles, “cuspir é antiético, é degradante, é humilhante”.

Aqui cabe uma pergunta: se cuspir é humilhante, o que dizer de ofender verbalmente o colega de trabalho, chutá-lo? Alguns até ressaltaram, “faça como o Zidane, dê uma cabeçada, mas não cuspa né?”

Diante desse fato, não tive como não lembrar do serial killer de Belo Horizonte que havia sequestrado, estuprado e assassinado uma dezena de mulheres. Paulo Maluf, na época, candidato a presidente, perguntado sobre o assunto, respondeu: “Estupra, mas não mata”.

Se chute gera chute, cabeçada gera cabeçada, cusparada gera cusparada. E, como sabemos, gentileza gera gentileza. Isso é assim para mim hoje. E você, o que pensa sobre isso?

* Empresário, Especialista em Filosofia Clínica, Diretor Presidente da Anjowww.betocolombo.com.br

Compartilhar
Esta entrada foi publicada em Artigos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *